Notícias PROIFES

XV Semana de Antropologia da UFRN acontece de 9 a 11 de outubro, com apoio do ADURN-Sindicato e PROIFES

Entre os dias 9 e 11 de outubro o Departamento de Antropologia e o Programa de Pós Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) realizam a XV Semana de Antropologia. Com o tema “Antropologia, Direitos Humanos e Criminalidade” o evento, que acontecerá no Auditório do Centro de Educação, contará com a participação de pesquisadores de diversas instituições brasileiras, promovendo mesas redondas, lançamentos de periódicos e grupos de trabalho.

Já tradicional na UFRN, a Semana de Antropologia busca discutir temas e questões relevantes para o curso e a sociedade  a partir de temáticas contempladas nas linhas de pesquisa do PPGAS. Em 2017, a proposta é de realizar uma reflexão sobre a prática antropológica, as categorias de análise que ela constrói, utiliza e/ou recicla, assim como os desafios que enfrenta quando seu objeto de pesquisa é definido e disputado com outros saberes disciplinares e, ainda, com outras ordens de saberes especializados como o judicial, o policial, o jornalístico e o militar. O evento propõe ainda uma discussão sobre o sentido que categorias como crime, legalidade, legitimidade, justiça e direitos significam na construção de pensamento antropológico, na prática etnográfica e na atuação social e política dos antropólogos e das antropólogas.

A atividade é apoiada pelo ADURN-Sindicato e entrou no calendário de atuação do Grupo de Trabalho (GT) Direitos Humanos: raça/etnicidade, gênero e sexualidades do PROIFES-Federação, que irá promover dentro do evento, no dia 11 de outubro, a mesa “A Luta pelos Direitos”, coordenada pelo professor Oswaldo Negrão, diretor do ADURN-Sindicato e membro do GT.

As inscrições para a décima quinta edição da Semana de Antropologia da UFRN podem ser realizadas pelo Sistema Integrado de Gestões e Atividades Acadêmicas (SIGAA), no link: https://goo.gl/YNnp7W.

PROGRAMAÇÃO:

9 DE OUTUBRO

17h Lançamento do Volume 4 da Revista EQUATORIAL e
Lançamento do Nº49 da Revista VIVÊNCIA. Dossiê:Direitos animais, ativismo e política

18h30 I MESA: Gramática dos direitos, direitos humanos e moralidades.
Natália Padovani (UNICAMP)
Adalton Marques (UNIVASF)
Paulo Victor Leite Lopes (UFRN)
Debatedora: Angela Facundo (UFRN)

10 DE OUTUBRO

9h MESA II: Criminalidade e ilegalismos
José Ricardo Ramalho (UFRJ)
Luiz Fabio Paiva (UFC)
Juliana Melo (UFRN)
Debatedor: Rodrigo Suassuna (UFRN)

18h30 MESA III: Antropologia e criminalização do oficio antropológico
João Pacheco de Oliveira (UFRJ-MN)
Guilherme do Valle (UFRN)
Rita de Cássia Neves (UFRN)
Glebson Vieira (UFRN)

11 DE OUTUBRO

9h GT dos discentes do PPGAS 
Antropologia e Direitos Humanos: Diálogos Transversais

14h MESA IV: A luta pelos direitos
Em parceria com GT Direitos Humanos / ADURN – PROIFES
Andreia M F (Mães dos Cárceres)
RaildaSilva  (Associação Amparar)
Guiomar Veras (Pastoral carcerária e TJRN)
Debatedor: Oswaldo Negrão (UFRN)

16h DOCUMENTÁRIO E CONVERSA COM O AUTOR 
L’Ordu Faso, de DragossOuédraogo

18h30 Aula: Cinema e criminalização. Crimes econômicos e crimes de sangue
Dragoss Ouédraogo (Universidade de Bordeaux)

Comentários de Gilson Rodrigues (PPGA-UFPE/FAGES)

Fonte: ADURN-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu