AGÊNCIA PROIFES

Vamos resistir ao desmonte da educação pública, diz Rolim na abertura do 33º Congresso da CNTE

Notícias PROIFES

Vamos resistir ao desmonte da educação pública, diz Rolim na abertura do 33º Congresso da CNTE

Mais de 2.500 representantes da Educação do Brasil e de diversos países participaram nesta quinta-feira, 12, da abertura do o 33º Congresso Nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), realizada no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, no Distrito Federal.

O presidente do PROIFES-Federação, professor Eduardo Rolim (ADUFRGS-Sindical), participou da mesa de abertura do evento, que contou também com a presença dos diretores Flavio Silva (ADUFG-Sindicato) e Silvia Ferreira (APUB-Sindicato).  Em sua fala, Rolim destacou que a força do movimento trabalhador vem da unidade e capacidade de luta das professoras e professores do país. “Essa categoria de professores esteve na rua [na ditadura militar] para defender uma Constituição que desse capacidade do povo brasileiro estudar em escola pública. Os professores foram a categoria mais mobilizada desse país na luta pelas diretas já e ampliação dos direitos sociais brasileiros. E está sendo chamada agora, junto da classe trabalhadora, e é estratégica para derrotar esse golpe que estamos vivendo no Brasil. E os trabalhadores não vão se calar em nenhum momento desse processo.”

Para Rolim, tudo o que serve para elevar os direitos da classe trabalhadora, é uma necessidade. “Esse governo tenta dizer que a culpa do déficit da Previdência é culpa da professora que se aposenta após 25 anos de contribuição. Programas sociais não são custo, são investimento. Educação não é custo, é investimento. Vamos resistir a essa reforma da Previdência. Esse é o papel que os professores, junto com os estudantes e trabalhadores e operários tem que cumprir no ano de 2017. Temos que selar aqui um pacto de unidade dos trabalhadores do ensino público, do ensino privado, e trabalhadores em geral, para dizer que não vamos aceitar que destruam a educação pública desse país”, afirmou o presidente do PROIFES-Federação.

A mesa de abertura reuniu dirigentes sindicais, nacionais e internacionais, e também contou com uma participação do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, que destacou ter muito orgulho de, mesmo sem diploma universitário, ter sido o presidente que mais criou universidades no Brasil. “Durante meu governo foi lançado o Plano Nacional de Educação, e aumentamos o investimento no Fundeb e na educação pública”, afirmou o ex-presidente.

O 33º Congresso Nacional da CNTE acontece até domingo,15, com o tema “Paulo Freire: Educação Pública, Democracia e Resistência” , e com o objetivo discutir e avaliar os rumos, avanços e retrocessos da legislação e eleger a nova diretoria da Confederação para a gestão 2017-2020.

Acesse o hotsite do 33º Congresso da CNTE.

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu