Notícias PROIFES

SINDIEDUTEC emite nota sobre volta às aulas nos Colégios Militares

Na última segunda (20), o presidente Jair Bolsonaro anunciou que vai trabalhar para que os Colégios Militares voltem “à normalidade” na próxima segunda. A primeira unidade a fazer o teste seria a do Distrito Federal. Em nota reproduzida abaixo, o SINDIEDUTEC se manifestou sobre a iniciativa. Confira:

Segundo a agência Reuters, o presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (20 de abril) que trabalhará para reabrir já na próxima semana o Colégio Militar de Brasília, em mais um gesto para pressionar o retorno das atividades no país. Os Colégios Militares funcionam como um sistema. Se um colégio for reaberto, o sistema todo se verá forçado a retornar às aulas presenciais de forma regular.

O SINDIEDUTEC apoia a manutenção do isolamento social e a continuidade do trabalho remoto em todas as instituições de ensino do país. Afirmamos que estamos preparados para contestar qualquer decisão de retorno às aulas presencias nesse momento de crise seguindo as orientações baseadas na ciência da Organização Mundial da Saúde. Nossos escritórios jurídicos estão preparados para lançar mão de medidas cabíveis contra quaisquer medidas que venham a colocar em risco a saúde dos trabalhadores em educação, especialmente a saúde dos trabalhadores do Colégio Militar de Curitiba, que se encontram aflitos frente a uma nova declaração do chefe do poder executivo que contraria as determinações da OMS no sentido de evitar a propagação da COVID-19 potencializadas em aglomerações.

Nossa premissa é preservar a vida, sempre.

Fonte: Ascom SINDIEDUTEC-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu