Notícias PROIFES

REABRIR A NEGOCIAÇÃO DAS CARREIRAS DOCENTES E FIM DO PLP 549/09

A Diretoria do PROIFES, reunida nos dias 23 e 24 de abril, avaliou as mais recentes mobilizações realizadas, visando a retomada da negociação da reestruturação das carreiras e, à luz da conjuntura política, divulgou os resultados dessas reuniões através de uma nota.

Em primeiro lugar, conseguiu-se, a partir das mobilizações citadas e de reuniões com dezenas de parlamentares (deputados federais e senadores), significativos avanços na reconstituição de bases de apoio no Congresso Nacional, tanto para pressionar o Executivo pela retomada da negociação das carreiras, quanto pela paralisação da tramitação do PLP 549/09.

Em segundo lugar, a mobilização realizada foi uma demonstração de que o PROIFES está fortalecido para obter êxito nesses pontos prioritários para a categoria, mostrando a efetividade da sua existência como uma entidade propositiva, negociadora e que trabalha pelas conquistas mais importantes para os docentes das IFES.

Consciente de que é importante manter a estratégia de mobilização, a nota divulgada pela Diretoria do PROIFES afirma que “o órgão continuará seu trabalho em Brasília” e considera que “as AD’s têm um importante e decisivo papel de fortalecer os esforços empreendidos e a empreender, principalmente procurando estabelecer contatos com os Deputados e Senadores em seus estados, na busca de envolvê-los no trabalho de pressão ao Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), pela reabertura das negociações”.

O PROIFES entende que será importante procurar os Reitores visando, através da ANDIFES, que idêntico trabalho seja realizado junto ao MEC.

Em relação aos últimos acontecimentos na UnB, o PROIFES avaliou o problema que está afetando os colegas daquela instituição de ensino superior, considerando que, não apenas como ato de solidariedade, mas como parte importante para que se chegue a uma consistente evolução na reestruturação das carreiras dos docentes, é fundamental que todas as AD’s divulguem junto à categoria a mobilização desses colegas, manifestando apoio à sua luta.

Essa luta, em última análise, está plenamente relacionada com a campanha iniciada pelo PROIFES pela reestruturação da carreira e por melhores salários, tendo em vista que a URP, que foi violentamente subtraída dos docentes da UNB, é uma das origens da desordem salarial na estrutura de carreira dos docentes, que vem se acumulando desde a isonomia salarial de 1987.

Estas foram as recomendações que o PROIFES fez a todas as AD’s, alertando que o órgão está em permanente atuação em busca de seus objetivos e, a qualquer momento, divulgará fatos relevantes que venham a acontecer e, se for o caso, convocando as AD’s para, conjuntamente, fazer avaliações sobre a situação e dar novos e necessários direcionamentos.

O documento difundido pela Diretoria do PROIFES tem a data de 24 de abril de 2010.

(Rui Sintra/PROIFES)

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu