Notícias PROIFES

PROIFES participa de cerimônia de transmissão de cargo de ministro da Educação

O presidente da ADUFG Sindicato, professor Flávio Silva, representante do PROIFES-Federação, prestigiou a cerimônia de transmissão de cargo de ministro da Educação, realizada no auditório do Ministério da Educação (MEC), nesta quarta-feira (7).

No primeiro momento, o ex-ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, saudou os presentes e agradeceu à presidente Dilma Rousseff pela confiança depositada nele enquanto esteve no cargo.

Além disso, definiu como fundamental o investimento em educação básica que, segundo ele, cria oportunidades e diminui a desigualdade. Afirmou também que é fundamental o cumprimento do Plano Nacional de Educação. Sobre o ensino superior, pontuou que é preciso que haja reformulação, já que a maioria dos graduados não procura especialização após o curso. Ao final do discurso, desejou sorte ao novo ministro Aloizio Mercadante.

Nomeado ao cargo em 5 de outubro, Mercadante afirmou que retorna ao MEC para cuidar da grande urgência nacional, que a presidente definiu como “prioridade das prioridades”, a educação.

O ministro destacou que o setor é o maior desafio estratégico da sociedade brasileira. “Aquele que garantirá a sustentabilidade dos imensos avanços sociais e a cada jovem brasileiro o passaporte para o futuro”.

Assim como Janine, reconheceu a importância do PNE e apontou o plano como norte desta gestão. Para Mercadante, é preciso coordenar as ações educacionais da creche à pós-graduação. O ministro afirmou que a responsabilidade dos 10% do Produto Interno Bruto para a educação pública tem que ser compartilhada entre as três esferas (municipal, estadual e federal), no momento da elaboração dos orçamentos.

Ele ainda disse que a expansão das universidades e dos institutos federais já foi feita e que o desafio agora é consolidar o processo e garantir qualidade.

Aloizio Mercadante

Nascido em Santos, o ministro Aloizio Mercadante é graduado em economia pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em ciência econômica e doutor em teoria econômica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). É professor licenciado da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e da Unicamp. Na vida política, foi eleito, no estado de São Paulo, duas vezes deputado federal e uma vez senador. Em 2011, assumiu o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Foi ministro da Educação, entre 2012 e 2014, e ministro chefe da Casa Civil, de 2014 e 2015, até ser novamente nomeado ministro da Educação em outubro.

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu