Notícias PROIFES

PROIFES participa da 8ª Conferência da Internacional da Educação realizada na Argentina

Cerca de 150 professores e dirigentes sindicais de todo o mundo estão reunidos na 8ª Conferência da Internacional de Educação (IE) para discutir e coordenar ações para o bom desenvolvimento do ensino superior e de pesquisa. O objetivo é alcançar uma educação pública universal qualidade.

O evento, que acontece de 25 a 27 de setembro em Buenos Aires, analisará as tendências globais no setor de educação superior e o impacto que estas provocam em cada realidade nacional e regional.

Representando o Brasil, o PROIFES-Federação enviou equipe para contribuir com os trabalhos e, em palestra do professor Gil Vicente, apresentou os principais desafios e indicadores da educação superior brasileira, tendo como destaque a discussão do novo Plano Nacional de Educação e a defesa dos 10% do PIB destinado ao setor, como defendido pelo PROIFES.

No dia 24, pré-evento, as entidades latinas americanas filiadas a Internacional da Educação estiveram reunidas com a Federação Nacional dos Docentes Universitários (CONADU) para apresentar e discutir a situação em cada região. Participaram o PROIFES e a Contee pelo Brasil, Peru FENDUP, ASPU Colômbia, FAHUECH Chile, Honduras COLPEDAGOGOS, e FECCOO Espanha.

Enquanto países como a Argentina estão fazendo progressos no investimento público no ensino superior e ganhando importantes acordos coletivos setoriais, em outros cenários, como a Colômbia, continuam vivendo as dificuldades de perseguição política sindical e de privatização.

No caso brasileiro, as Universidades têm conseguido chegar as regiões mais isoladas e remotas, mas ainda é preciso assegurar que a extensão do ensino superior atinja a expansão, sem reduzir a qualidade.

Na Colômbia e no Peru, o Estado tende a não responsabilizar-se em investimentos à educação, enquanto as limitações à liberdade de associação ameaçam a profissão de professor universitário.

Ao mesmo tempo, FECCOO Espanha expôs a situação dos cortes do setor público que têm produzido um declínio de 50 anos nas conquistas dos direitos trabalhistas e sindicais, bem como no investimento público em educação.

Dadas estas realidades tão diversas, a 8ª Conferência de Educação Superior e Pesquisa tem um objetivo comum: construir estratégias sindicais mundiais que podem apoiar os sindicatos nacionais para defender a educação superior pública como um direito social universal.

Os principais temas da Conferência Mundial sobre o Ensino Superior e Pesquisa são:

– Desafios para a Educação Superior na América Latina e propostas para fortalecê-la;

– Como as medidas de austeridade, decorrentes da crise financeira em vários países, afetam o setor;
– O financiamento do ensino superior. Taxas universitárias;
– Avaliação e classificação. Como medir a qualidade da educação;
– Pesquisa e liberdade acadêmica;
– Avanços e desafios na igualdade de gênero e respeito à diversidade no ensino superior;
– Representação sindical e defesa dos direitos humanos e sindicais do setor.

Mécia Menescal
Assessora do PROIFES-Federação

Com informações da Internacional de Educação 

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu