AGÊNCIA PROIFES

PROIFES-Federação defende formação docente mais dialógica e menos tecnicista, em audiência pública na Câmara dos Deputados

Nesta quinta-feira (10), o presidente do ADURN-Sindicato, Oswaldo Negrão, debateu as diretrizes curriculares nacionais para a formação de professores, em audiência pública na Câmara dos Deputados. A atividade, promovida pela Comissão de Educação, foi solicitada pela deputada Professora Rosa Neide (PT-MT).

Presente ao debate representando o PROIFES-Federação, Negrão defendeu a revogação da Resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE) número 02, de 20 de dezembro de 2019, que define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial de professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação).

Foto: PROIFES-Federação

Em consonância com as demais representações, Oswaldo Negrão, ainda reconheceu a necessidade de pensar estratégias para a retomada da Resolução do CNE número 02, de 1º de julho de 2015, que define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura e para a formação continuada).

No geral, as falas dos presentes apontaram para o mesmo ponto: é preciso retomar uma formação docente mais dialógica e menos tecnicista. “Nós precisamos de profissionais competentes e também comprometidos com a mudança da realidade que está estabelecida nas periferias das nossas cidades e do nosso país. Então, é fundamental nós termos essa dimensão do território, a dimensão da valorização do saber, que é também da comunidade e que também repercute e reflete na qualidade de vida e na qualidade de saúde dessa população”, disse Oswaldo.

Foto: PROIFES-Federação

Para além da questão da formação, o presidente do ADURN-Sindicato destacou a necessidade de “pensar também em estratégias para o fortalecimento da carreira do Magistério em todos os seus níveis. Como já foi divulgado por membros da comissão de transição, é preciso pensar na educação como um todo”, disse Oswaldo.

A íntegra da audiência pública pode ser assistida no canal do YouTube da Câmara dos Deputados. Veja abaixo a fala completa do presidente do ADURN-Sindicato, Oswaldo Negrão:

Fonte: ADURN-Sindicato
Tags: , ,

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu