Notícias PROIFES

PROIFES-Federação analisa movimento docente e organização sindical na UFSC

O presidente do PROIFES-Federação, professor Eduardo Rolim (ADUFRGS-Sindical), participou do Seminário Movimento docente: desafios da organização sindical. Organizado pela Apufsc-Sindical, o evento foi realizado na última quinta-feira (1°), no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Pela manhã, o jornalista, analista político e diretor de documento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Antônio Augusto de Queiroz, ministrou a palestra “Movimento sindical: passado, presente e futuro”. Ele trouxe uma análise das mudanças nos processos produtivos, econômicos e trabalhistas ao redor do mundo. A avaliação é que existe um risco de enfraquecimento do papel das entidades nas mesas de negociação.

À tarde, a presidente da Apub, Cláudia Miranda mediou a mesa  sobre organização sindical dos professores federais, composta pelo presidente do PROIFES Eduardo Rolim (ADUFRGS-Sindical), pelo presidente da Apufsc-Sindical, Wilson Erbs; pelo presidente do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), Eblin Joseph Farage; e pelo presidente do Sindicato dos Professores de Universidades Federais de Belo Horizonte e Montes Claros (APUBH), José de Siqueira.

O professor Eduardo Rolim abordou a discussão sobre unicidade e pluralidade sindical, destacando a fundação do PROIFES em 2004. Na sequência, explicou todas as conquistas que a entidade teve em nome dos docentes federais, mostrando a ordem cronológica de filiações. Por fim, o dirigente explicou a organização da entidade, que é composta por sindicatos autônomos e independentes. “Esse tipo de organização responde à construção histórica do movimento docente porque é mais democrática na medida em que todos os sindicatos, independente de tamanho, têm a mesma representatividade”.

Eblin Farage falou sobre a organização do Andes, que é centralizado nacionalmente, retirando a autonomia política das seções sindicais.

José Siqueira comentou o método de trabalho dos sindicatos independentes, sem sindicato nacional ou federação.

Por fim, Wilson Erbs pontuou a transformação da entidade de seção sindical para sindicato de professores de Santa Catarina, o único que representa o estado.

Após as apresentações, houve intenso debate entre os presentes. Nesse momento, ainda representando o PROIFES, participaram da discussão o vice-presidente e diretor de Comunicação, Flávio Silva (Adufg Sindicato), o diretor de Aposentadoria e Previdência, Nilton Brandão (SINDIEDUTEC- PR), e o diretor de Relações Internacionais e de Políticas Educacionais, Gil Vicente Reis de Figueiredo (ADUFSCar, Sindicato).

Veja como foi:

Vídeo com a palestra de Antônio Augusto de Queiroz

Vídeo da mesa-redonda sobre organização sindical

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu