AGÊNCIA PROIFES

PROIFES busca apoio da Senadora Fátima Bezerra para avanço na mesa setorial

Notícias PROIFES

PROIFES busca apoio da Senadora Fátima Bezerra para avanço na mesa setorial

Os representantes do PROIFES-Federação que integram a Coordenação Nacional de Mobilização (CNM) foram recebidos no gabinete da Senadora Fátima Bezerra (PT-RN), nesta quarta-feira (5), às 19h30, no Senado, em Brasília. A reunião tratou da dificuldade de negociação salarial entre os docentes das Universidades e dos Institutos e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

A Federação foi representada pelo Tesoureiro e Diretor de Aposentadoria e Previdência, Nilton Brandão (SINDIEDUTEC- PR), pela Diretora de Assuntos de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, Gilka Silva Pimentel (ADURN-Sindicato), e pelo membro do Conselho Deliberativo Alexsandro Galeno Araújo Dantas (ADURN-Sindicato).

Além de citar a demora de nova convocatória para a próxima rodada da mesa setorial dos docentes federais da educação, Nilton Brandão classificou dois pontos da proposta do Governo Federal como problemáticos. O primeiro é o percentual, que a princípio será de 5,5% em 1° de janeiro de 2016, 5% em 1° de janeiro de 2017, 4,75% em 1° de janeiro de 2018 e 4,5% em 1° de janeiro de 2019. Para a direção do PROIFES, os números são muito baixos, considerando as projeções da inflação.

Já o segundo ponto trata do período de quatro anos. O diretor explicou que o MPOG abriu a possibilidade de uma cláusula de repactuação em 2017, mas que este acordo seria apenas político e não constaria no Projeto de Lei. “A proposta apresentada pelo PROIFES é de três anos, mas dada a dificuldade atual, o ideal seria negociação apenas para 2016, ou no máximo dois anos”, afirmou Brandão.

Para a congressista, as mesas setoriais são fundamentais para avanço das negociações. Fátima se comprometeu a acompanhar o processo e cobrar do Governo Federal maior agilidade na negociação.

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu