AGÊNCIA PROIFES

Professores universitários lançam série contra os cortes na Educação

Notícias PROIFES

Professores universitários lançam série contra os cortes na Educação

Na luta contra os cortes dos orçamentos das universidades públicas, docentes e pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco lançam, nesta quarta-feira (17), a série Observatório do Conhecimento. Uma realização da Associação dos Docentes da UFPE (ADUFEPE), em parceria com o Observatório do Conhecimento – rede formada por associações de docentes de universidades de diferentes estados brasileiros que dá título à produção -, a produção apresenta, em 20 capítulos, exemplos de como o conhecimento criado pelas instituições federais de ensino superior, através dos projetos de pesquisa e programas de extensão, afetam diretamente a vida da população brasileira.A série tem como objetivo principal sensibilizar a sociedade civil sobre o papel essencial desempenhado pelas universidades públicas na produção do conhecimento e desenvolvimento do País. A atuação da UFPE, em específico, no campo das pesquisas e seus projetos multidisciplinares, é referência mundial por seu caráter inovador. O resultado desta vasta produção impacta diretamente na vida cotidiana da população em geral, através do desenvolvimento de novas tecnologias e ferramentas criativas e funcionais para resolver problemas coletivos.

Entre os entrevistados, nomes de referência na Ciência e Tecnologia como o do ex-ministro de CT&I Sérgio Rezende, do ex-secretário de educação superior do Ministério da Educação Amaro Lins, do diretor do Centro de Informática da UFPE (CIn), André Santos, da coordenadora da Cátedra Paulo Freire, Eliete Santiago, e da ex-Secretária de Educação de Pernambuco Silke Weber, todos docentes e pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco.

Nos capítulos, são apresentados exemplos de como a universidade pública contribui para o aprimoramento científico, econômico, social e cultural da sociedade, através de casos como o impacto do processo de interiorização da UFPE no desenvolvimento do Polo Têxtil no Agreste pernambucano com a implementação do Centro Acadêmico do Agreste; a atuação do Instituto Aggeu Magalhães e do Hospital das Clínicas, e suas descobertas em diagnóstico e combate ao Zika Vírus, Dengue e Microcefalia; e a implementação do Instituto de Pesquisa em Petróleo e Energia da UFPE, que reúne as atividades de 12 laboratórios, com objetivo de integrar ações que visem a realização de pesquisa, inovação, ensino e extensão nas diversas áreas da cadeia produtiva da indústria do petróleo, gás e biocombustíveis.

Presidente da Associação dos Docentes da UFPE, Edeson Siqueira destaca a produção audiovisual como um marco na luta contra os cortes de 30% realizados pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, no orçamento das universidades federais. “Precisamos estar cada vez mais próximos da população e sensibilizá-los a respeito da importância que a universidade têm para o desenvolvimento político, social, econômico e cultural do País. As iniciativas realizadas dentro dos laboratórios e salas de aula, em seus mais diversos segmentos, afetam diretamente a vida de todos”, afirma o docente.

A série será divulgada diariamente, no canal do YouTube da ADUFEPE (https://bit.ly/2xOhHKf) e nas redes sociais da entidade, em 20 episódios de aproximadamente 1 minuto. Os vídeos contam ainda com acessibilidade comunicacional, através da tradução em libras.

Confira o primeiro episódio:
https://youtu.be/YL32YqBM2s4

Fonte: Ascom ADUFG-Sindicato

 

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu