AGÊNCIA PROIFES

Professores do ADUFG destacam importância do encontro do PROIFES no debate das políticas de educação

Notícias PROIFES

Professores do ADUFG destacam importância do encontro do PROIFES no debate das políticas de educação

Delegados e observadores do Adufg-Sindicato destacam o XIV Encontro Nacional do Proifes como um espaço plural de participação que orienta o debate sobre políticas educacionais que, posteriormente, serão encaminhados pela federação. Neste ano o sindicato levou dez participantes para o encontro, sendo 7 delegados e três observadores.

O professor Marley Apolinário destacou que “esse encontro do Proifes, em particular, acontece em um momento político bem diferente dos anteriores, pelo menos dos 5, 10 anos atrás. Temos agora uma situação bem desfavorável para a educação de modo geral, principalmente em termos de financiamento”. Marley enfatiza que, nesse aspecto, “a quantidade de alunos nas escolas e universidades cresce, mas a verba não cresce. É uma situação calamitosa que está se desenhando e aqui no congresso está sendo debatido como lutar isso, o que a federação, os sindicatos podem fazer para revogar essa medida [Emenda Constitucional 95]”.

Romualdo Pessoal afirma que o momento de debate é extremamente importante para movimento docente e dos trabalhadores de todo Brasil em função do contexto político e de crise nacional. “É fundamental que os sindicatos assumam a defesa dos nossos interesses e objetivamente procurem agregar mais e mais docentes porque nós vamos precisar de muita força nesses momentos difíceis, tendo em vista a necessidade de lutar contra a Emenda Constitucional 95 que praticamente congela gastos que nós consideramos investimentos. Então esse momento é um momento crucial para o futuro da universidade e da educação brasileira, e para nós professores e servidores públicos”, diz Romualdo.

Pluralidade

Um ponto bastante destacado entre os participantes é a forma plural e democrática do encontro nacional. Marley afirma que tanto desde a sua fundação, a federação respeita a pluralidade de opiniões e posicionamentos, o que também ocorre no Adufg-Sindicato. “Não se tem uma doutrinação ideológica partidária para você ser membro da federação, ela consegue acomodar todas as vertentes e isso fica muito claro nas discussões dos diversos temas que temos aqui”.

O professor Mário Psicoya concorda: “as discussões abordam temas de forma muito democrática e estamos contemplando temas relacionados com a ampliação do movimento sindical e com as necessidades das universidades o sindicato para o futuro. Acho que a discussão é relevante e esperamos encontrar algumas formas de melhoras a situação das universidades para os próximos anos”.

Pela primeira vez no encontro nacional do Proifes, Psicoya destaca a necessidade de informar aos docentes sobre a atuação da federação. “Precisamos melhorar nossa campanha de informação, ter uma campanha mais agressiva mostrando os louros que teve o Proifes desde o a criação dele. Isso implica descontruir alguns discursos errados que estão sendo propagados e buscam desinformar professores que não tem uma base política e que não tem conhecimento sobre o Proifes”, completa.

Serigne Ababacar Cissé, também pela primeira vez no encontro do Proifes, destacou o evento como um “espaço de debate bem aberto e democrático”. Assim como os demais docentes, o professor destaca que o principal ponto do debate é a revogação da Emenda Constitucional 95. “Se não houver essa revogação nós iremos caminhar para um retrocesso, inclusive podendo chegar a uma situação catastrófica da universidade de maneira geral, portanto o encontro do Proifes se torna um espaço onde realmente propostas são colhidas dos diversos participantes e a diretoria leva adiante”. Por fim, Serigne completa: “é um espaço onde o participante sai com diversas visões sobre a realidade educacional, mas também no país de maneira geral, porque tudo isso que estão falando vai acabar desencadeando nas políticas públicas que teremos daqui pra frente. Portanto isso envolve logo então a ação dos participantes nas eleições também, para que seja eleito aquele candidato que irá defender os interesses que aqui serão elencados.

Leia também: Diretoria do Adufg-Sindicato participa de debates sobre políticas de Educação no XIV Encontro do PROIFES, em São Luís.

Fonte: Ascom ADUFG-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu