Notícias PROIFES

Professores da UFC e Unilab aprovam greve

Fonte: ADUFC

Em Assembleia Geral, realizada nesta terça-feira (12), os professores das universidades federais do Estado do Ceará decretaram GREVE por tempo indeterminado.

Há dois anos os professores reivindicam melhores condições de trabalho e reestruturação das carreiras do Magistério Superior e do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico (EBTT). No entanto, o Governo Federal unilateralmente suspendeu as negociações do Grupo de Trabalho de Reestruturação da Carreira Docente antes do final do prazo acordado – 31 de maio.

A GREVE foi decretada após a realização de plebiscito em que o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (ADUFC-Sindicato), ouviu 1268 professores, quando 883 – aproximadamente 70% dos votantes – se manifestaram a favor da paralisação das atividades.

Os professores lamentam os prejuízos à comunidade, mas estão cônscios de que exauriram todas as tentativas de negociação, não lhes restando alternativa. Da mesma forma, entendem que a defesa da Universidade Pública e Gratuita exige, no momento, o recurso extremo da GREVE.

Diretoria da ADUFC-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu