Notícias PROIFES

Nota de Solidariedade à ADUFG-Sindicato

O PROIFES-Federação vem à público solidarizar-se com a Diretoria e os associados da ADUFG-Sindicato, nosso sindicato federado, repudiando veementemenete os lamentáveis acontecimentos verificados este tarde durante Assembleia Geral da categoria em Goiânia.

A Assembleia foi invadida por estudantes e pessoas não associadas ao Sindicato, o que levou ao cancelamento da mesma, pela insistência dos invasores em não se retirar do recinto. O  cancelamento levou à invasão da Mesa diretora dos trabalhos, inclusive com a agressão física de diretores do sindicato e do PROIFES-Federação.

Essa radicalização nos episódios envolvendo o Movimento Docente têm crescido em todo o país, já tendo havido situação semelhante na Bahia e ontem, em Brasília, com a depredação da entrada do prédio do Ministério da Educação, só demonstra que pequenos grupos, certamente representantes de interesses político-partidários, têm tentado à força, com atos de violência, impor seus interesses particulares ao conjunto do Movimento Docente, fazendo parecer que há uma realidade que não é a que pensa a maioria dos docentes, que estão procurando através de seus sindicatos legítimos e do PROIFES-Federação defender seus direitos, de forma democrática e autônoma.

Repudiamos todos esses atos de violência e exigimos que os docentes possam realizar seu movimento e suas assembleias sem a imposição da vontade de grupelhos que não têm nenhuma representatividade social, e que agora começam a apelar para atos a cada dia mais violentos. O Movimento Docente exige respeito.

A liberdade de organização sindical, sem atrelamento a governos e partidos é o princípio fundante do PROIFES-Federação, e por ele continuaremos a lutar todos os dias.

Brasília, 6 de junho de 2012

Prof. Eduardo Rolim de Oliveira

Presidente do PROIFES-Federação

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu