Notícias PROIFES

Nota da ADUFC-Sindicato – Sobre a não realização da oficina de reestruturação da carreira

Uma vez mais o governo demonstrou o descaso com que vem tratando os professores do Magistério Superior e Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. A não realização de uma oficina que faz parte de um acordo oficial celebrado entre as partes é um fato grave que não pode ser subestimado. O investimento de tempo e dinheiro não foi desprezível. Quase uma centena de pessoas foram deslocadas para Brasília com este fim. Pelo PROIFES 40 pessoas, sendo 08 da ADUFC-SINDICATO.

Como justificativa para a não realização da Oficina, o Governo alegou a presença de uma representação de 25 professores do Comando de Greve do SINASEFE (Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica). Entendemos que essa representação não se constitui razão efetiva para o cancelamento da oficina. A intransigência e a irracionalidade, sim.

Um governo com o histórico do PT – que se projetou como força política ao mobilizar trabalhadores em greves memoráveis que mudaram a história recente do país – se recusar a receber trabalhadores em greve, é renunciar a suas origens.

Uma nova proposta que traga a equiparação com a carreira de pesquisador do Ministério de Ciência e Tecnologia – ao mesmo tempo que propague os benefícios para todos os professores, mantendo-se a paridade com os aposentados e o EBTT – é a grande esperança dos professores para 2013.

O governo precisa arcar com seus compromissos e demonstrar em atos que a valorização da educação e do professor em todos os níveis é mais do que uma promessa eleitoreira. O desenvolvimento técnico-científico do País e sua participação no cenário internacional requerem investimento maciço em educação, ciência e tecnologia. O governo não pode se apequenar neste momento.

Com as sucessivas demonstrações da falta de compromisso do governo para com o bom andamento das negociações, o impasse para 2012 se torna iminente. Março é o prazo para o término das negociações em torno da carreira. Março também é o mês de início das aulas. Importante nos prepararmos para não iniciarmos o ano letivo em 2012, podemos ser forçados a isso.

Diretoria da ADUFC – SINDICATO

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu