GT Direitos humanos, Raça/Etnicidade, Gênero e Sexualidades

GT Direitos Humanos para o avanço do PROIFES-Federação e do movimento docente

Na possibilidade real de expandir o olhar do movimento docente o PROIFES começou a construir o GT Direitos Humanos em 2017, a partir do entendimento que direitos humanos são construções diárias, históricas e de afirmações constantes no movimento docente para as batalhas que se surgiram, principalmente, a partir de 2018.

Diante de uma conjuntura política que afronta a cidadania, a livre identidade de gênero e de orientação sexual, por meio da promoção do racismo, do sexismo, do patriarcalismo e da LGBTfobia, os sindicatos reunidos no PROIFES e neste GT reiteram a importância do ativismo dos Direitos Humanos no movimento sindical em suas mais diversas frentes, compreendendo que a incorporação de uma agenda que envolva temáticas como a raça, etnicidade, gênero e cidadania fortalece a aproximação entre as entidades e a sociedade.

Notícias

Menu