Notícias PROIFES

Frente de Defesa das IFES pede que parlamentares goianos sejam favoráveis à correção de orçamento das universidades para 2021

A Frente de Defesa das Instituições Públicas de Ensino Superior em Goiás encaminhou ofício aos deputados federais e senadores por Goiás para que se posicionem favoráveis à correção proposição da correção dos valores da Lei Orçamentária Anual em R$ 1,2 bilhão para as universidades e R$ 500 mil para a Rede Federal. O Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato) é uma das entidades que assinaram o documento enviado aos parlamentares.

O ofício destaca que as instituições de ensino atuaram mesmo diante da crise gerada pela pandemia do coronavírus (Covid-19). “Houve mobilização de todas as suas forças para atender as demandas da sociedade e do poder pública”, diz o texto. No documento, também são lembradas ações realizadas pela comunidade acadêmica, como testagem da população, desenvolvimento de equipamentos de proteção e mobilização de hospitais universitários.

O Projeto de Lei Orçamentária em tramitação no Congresso Nacional prevê um corte de 18,2% no orçamento discricionário das universidades e institutos federais. “A redução dos limites orçamentários afeta gravemente a continuidade das ações de combate à pandemia e coloca em risco o funcionamento das instituições”, consta no ofício.

Resistência

A Frente de Defesa das Instituições Públicas de Ensino Superior em Goiás tem como principal objetivo construir ações conjuntas para combater o desmonte da educação pública. Fazem parte do grupo universidades públicas goianas, sindicatos e associações.

Fonte: ADUFG-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu