Notícias PROIFES

Ex-Presidentes da ADUFC protestam contra desfiliação da entidade do PROIFES-Federação sem nenhum debate

Foi publicada, nesta segunda-feira, 19, carta aberta de 9 ex-Presidentes da ADUFC-Sindicato, protestando contra a desfiliação da entidade do PROIFES-Federação, deliberação tomada  de forma abrupta e sem constar da ordem do dia, em Assembleia Geral no dia 14 último.

Como pode ser lido na Nota, bastante esclarecedora, o processo de transformação da ADUFC em Sindicato autônomo, que já tem inclusive registro no Ministério do Trabalho e Emprego, como representante dos professores federais do estado do Ceará, foi longo e muito democrático. Dois plebiscitos, com mais de 1000 votantes, decidiram que o sindicato – já separado, por decisão majoritária de seus filiados, da Andes – se filiaria ao PROIFES-Federação. A primeira decisão data de 2010, e foi ratificada em 2012, após a última greve.

Agora, uma Assembleia com pouco mais de 100 presentes, decidiu, de forma sumária – e sem direito a uma discussão mais aprofundada – desfiliar a entidade do PROIFES-Federação, sem que o conjunto dos filiados tenha sido ao menos avisado de que isso seria votado, posto que na pauta constava apenas uma menção genérica à “organização sindical”, sem se falar em desfiliação, o que sem dúvida exigiria muito mais discussão, para que se chegasse a uma decisão com a mesma legitimidade da filiação, tomada em plebiscitos. A Diretoria da Federação não foi nem ao menos comunicada do fato previamente, e muito menos convidada a se fazer presente na Assembleia e expressar sua posição, o que é o mínimo que o respeito à pluralidade e à democracia exigiria.

Assim sendo, o Conselho Deliberativo do PROIFES-Federação, em sua ampla maioria, decidiu no sábado, 17, que não reconhecia esse processo de desfiliação como legítimo e muito menos como democrático.

Como dizem os ex-Presidentes em sua nota, a ADUFC-Sinidicato tem o direito, como Sindicato autônomo, de decidir seu caminho, é assim que funciona o processo democrático, mas essa decisão não pode atropelar a tradição democrática da entidade, e muito menos pode por em risco a conquista legítima e legal de seus filiados de terem um sindicato de base estadual, forte e autônomo.

Assim, o Conselho Deliberativo e a Diretoria do PROIFES-Federação expressam sua solidariedade aos filiados da ADUFC-Sindicato que se sentiram atingidos em seu direito democrático, por duas vezes afirmado em ampla consulta plebiscitária, de estarem agregados à Federação, construindo juntos com professores colegas de todo o País um Novo Movimento Docente, plural, democrático e propositivo, e conclamam a todos os professores federais do Ceará que comungam deste princípio a que se mobilizem para defender a tradição democrática da ADUFC-Sindicato, e que juntos com os 9 ex-Presidentes que assinaram a Carta, lutem para que a democracia seja restabelecida no Ceará,

Brasília, 20 de maio de 2014

Diretoria e Conselho Deliberativo do PROIFES-Federação

 

Leia aqui a Carta dos Ex-Presidentes da ADUFC-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu