Notícias PROIFES

Em reunião, Adufg e Sint-Ifesgo cobram solução para problemas com o pagamento do adicional de insalubridade na Universidade Federal de Jataí

O Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato) e o Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino Superior do Estado de Goiás (Sint-Ifesgo) promoveram reunião nesta sexta-feira (11/03), na Universidade Federal de Jataí (UFJ), para discutir os problemas relacionados ao pagamento do adicional de insalubridade. Estiveram presentes professores, servidores e gestores da instituição.

Na ocasião, o presidente do Adufg-Sindicato, professor Flávio Alves da Silva, ressaltou que a questão da insalubridade nas universidades federais goianas é uma das prioridades da entidade e, por isso, a atual gestão tem buscado soluções efetivas para o problema. “Não podemos mais aceitar essa situação que coloca em risco a vida e a saúde dos servidores das instituições”, destaca.

O advogado Elias Menta, da Assessoria Jurídica do Adufg-Sindicato, que tirou dúvidas dos presentes. Ele deixou claro que o adicional de insalubridade é um direito constitucional que assegura aos trabalhadores, de forma geral, melhores condições de trabalho para evitar condições danosas à saúde.

Diante das reivindicações, representantes da UFJ afirmaram que estão tentando uma parceria com um engenheiro de segurança do Instituto Federal de Goiás (IFG) para realizar as avaliações e emitir laudos necessários para a garantia do adicional de insalubridade. O Adufg-Sindicato reforçou que continuará atento à questão, já que é algo que tem fundamento na dignidade da pessoa humana.

Diversas lideranças estiveram presentes. Entre elas, o reitor da UFJ, professor Amércio Nunes da Silveira Neto, a vice-reitora, professora Giulena Rosa Leite, e o coordenador-geral do Sint-Ifesgo, Fernando Mota.

UFCAT e UFG
Na Universidade Federal de Catalão (UFCAT), as discussões serão realizadas na próxima segunda-feira (14/03), às 14 horas, no campus I. Das três instituições goianas, somente a Universidade Federal de Goiás ainda não marcou a reunião solicitada pelo Adufg e o Sint-Ifes.

Fonte: ADUFG-Sindicato

Tags:

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu