Notícias PROIFES

Em assembleia promovida pelo ADUFG, professores da UFG aprovam adesão à Greve Geral do dia 18

Professores da Universidade Federal de Goiás (UFG) de Goiânia aprovaram adesão à paralisação proposta pela Greve Geral em Defesa dos Direitos e dos Serviços Públicos, marcada para 18 de março. A decisão foi tomada em Assembleia Geral Extraordinária realizada pelo Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado de Goiás (ADUFG-Sindicato) na tarde desta quarta-feira (04/03).

Na ocasião, os docentes destacaram a importância da mobilização no combate ao projeto político do atual Governo Federal de precarização dos serviços públicos. “Os trabalhos para chegar a este momento têm acontecido há algum tempo em dois espaços: na Frente Parlamentar Ampla em Defesa do Serviço Público e no Fórum Goiano em Defesa do Serviço Público, da Democracia e pelos Direitos do Cidadão”, disse o diretor de Assuntos de Aposentadoria e Pensão do ADUFG-Sindicato, Abraão Garcia Gomes.

Além da paralisação, também foram aprovadas a criação de uma comissão de mobilização com a participação de docentes de diversas unidades e a realização de uma nova assembleia para esclarecer ainda mais aos professores questões relacioinadas aos decretos, PECs e MPs do Governo Federal. Foi definido, ainda, que será proposta a realização de uma assembleia universitária com a própria UFG.

Diversas lideranças estiveram presentes. Entre elas, os professores João Batista de Deus e professora Veridiana Brianezi de Moura, que integram a diretoria do ADUFG, além do assessor jurídico Eliomar Pires. Nesta quinta-feira (05), o ADUFG-Sindicato promove Assembleia Geral Extradordinária com professores da Universidade Federal de Jataí (UFJ) para tratar as mesmas questões.

Fonte: Ascom ADUFG-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu