Notícias PROIFES

CONADU escreve ao PROIFES manifesto de solidariedade aos docentes universitários do Brasil

Manifesto de Solidariedade da Federação Nacional de Docentes Universitários da Argentina (CONADU) aos docentes universitários do Brasil

Buenos Aires, 28 de junho de 2012

Aos companheiros e companheiras do PROIFES

A Federação Nacional de Docentes Universitários da Argentina (CONADU) se solidariza com a luta dos docentes universitários do Brasil, encabeçada pelo PROIFES, que exige a reabertura de negociações para reestruturação das carreiras docentes e para cumprimento do compromisso governamental de equiparar os salários do setor com os dos pesquisadores da carreira de Ciência e Tecnologia. A falta de resposta a essas justas demandas, que levou uma parte importante da docência universitária brasileira à greve, impede que se avance em direção a um necessário ordenamento de uma carreira acadêmica que assegure aos trabalhadores universitários condições adequadas para levar adiante suas tarefas, requisito indispensável para garantir a expansão da educação superior com qualidade, para todos e para todas.

Os companheiros e companheiras do PROIFES, que têm demonstrado compromisso real com a melhoria da educação superior pública e com a democratização do conhecimento, saberão levar esta luta a bom porto, sem perder de vista seus objetivos, em que pesem os ataques daqueles setores que se utilizam das legítimas demandas dos trabalhadores para encobrir interesses sectários, recorrendo a práticas que debilitam a organização da categoria. Por isso, nos solidarizamos também diante das agressões que o PROIFES vem recebendo de parte de organizações que, em lugar de dirigir seus esforços para a solução dos problemas que preocupam os trabalhadores, se ocupam em difundir denúncias infundadas que procuram desqualificar a atuação e a representatividade de outros sindicatos.

Consolidar os processos democrático-populares que se desenvolvem em nossa América Latina e alcançar as transformações estruturais que permitam avançar na construção de uma sociedade inclusiva e igualitária requer superar inúmeros obstáculos que persistem como legado nefasto de muitos anos de hegemonia de minorias privilegiadas em nossos países. Nessa batalha, nós trabalhadores não podemos nos equivocar, porque nosso papel é fundamental para assinalar, com nossas demandas e propostas, um rumo claro, e para demonstrar, com nossa organização, que existe a força social capaz de impulsionar, sustentar e defender as políticas de Estado que reclamamos.

Reivindicamos a democracia sindical, porque permite aos trabalhadores se organizar nas estruturas que representam melhor seus interesses, assim como sua visão política sobre a situação da categoria e suas perspectivas de luta. A avaliação das distintas estratégias sindicais e o juízo de acertos e erros das conduções sindicais não dependerá, ao fim e ao cabo, do radicalismo de sua retórica, mas da responsabilidade na conquista de melhorias concretas e de sua consequência para promover uma contribuição efetiva dos trabalhadores para o aprofundamento da democracia na nossa região.

Um abraço fraternal,

Carlos de Feo – Secretário Geral da CONADU.

Confira  aqui o A los compañeros y compañeras de PROIFES

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu