Notícias PROIFES

APUFSC agora é sindicato estadual

O Ministro do Trabalho, Carlos Lupi, estará em Florianópolis na próxima quinta-feira, dia 24, para entregar pessoalmente a carta sindical do Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina (Apufsc-Sindical).

É o primeiro sindicatos de professores de universidades federais do Brasil a receber o registro sindical.

Esse documento conclui o processo de mudanças que estão transformando a antiga Associação de Professores da UFSC em um sindicato autônomo, que tem base em todo o Estado de Santa Catarina e representa, também, os professores do campus de Chapecó da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

Quando o ministro homologar a criação do Sindicato, às 10 horas do referido dia, no auditório da Reitoria da UFSC, a Apufsc terá completado sua independência da Andes e entrado de forma pioneira em uma nova etapa do sindicalismo universitário.

A história da independência:

A carta sindical é o ponto culminante das mudanças iniciadas no ano passado, quando um requerimento assinado por 480 professores reivindicou a realização de uma assembléia para decidir sobre a desfiliação do Sindicato Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes-SN) do qual a Apufsc era apenas uma das seções sindicais.

A desfiliação foi aprovada em votação realizada em 17 de setembro de 2009, com a participação de mais de mil professores.

No dia 29 de outubro, uma assembléia aprovou as mudanças finais no Estatuto da Apufsc e outra deliberou, favoravelmente, à transformação em Sindicato dos Professores das Universidades Federais de Santa Catarina, representante legal não só dos professores da UFSC, mas dos docentes de todas as universidades federais em Santa Catarina, incluindo a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), sediada em Chapecó.

Depois disso, a Apufsc-Sindical seguiu os trâmites necessários à obtenção do registro sindical, que terminam na próxima quinta, com a presença do ministro Carlos Lupi e a realização do debate “O novo sindicalismo universitário”, que contará com representantes de outros dez sindicatos docentes de todo o país.

Uma tradição de lutas:

A Apufsc nasceu em 1975 na condição de associação, já que, na época, o regime militar proibia que os servidores públicos se organizassem em sindicatos.

Em 1981, a entidade participou da criação da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (Andes), cujo primeiro presidente foi o professor Osvaldo de Oliveira Maciel, então presidente da Apufsc.

Com a promulgação da Constituição Federal de 1988, o direito à organização sindical foi estendido aos servidores públicos e a Andes passou a ser Sindicato Nacional e as associações docentes existentes em cada universidade viraram seções sindicais da Andes.

Os rumos do Sindicato Nacional passaram, no entanto, a contrariar um número cada vez maior de professores e várias seções sindicais passaram a se desligar da entidade, entre elas a Apufsc, que foi a primeira do país a obter a carta sindical para poder atuar como sindicato autônomo, independente e legalmente constituído.

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu