Notícias PROIFES

APUB: Congresso Docente reafirma defesa da Universidade e Democracia

Após quatro dias de debates, com 355 participantes e 43 trabalhos apresentados, o I Congresso Docente da Apub encerrou-se na manhã deste sábado (25) com sua Plenária Final reafirmando a defesa da Universidade Pública, da educação inclusiva e de qualidade e da Democracia no país. O evento congregou membros da comunidade universitária, principalmente docentes de distintas gerações, além de outras instituições de ensino e de organizações sociais, para debater temas fundamentais para o movimento docente e para a própria universidade pública. A coordenação da Plenária foi da professora Raquel Nery, diretora acadêmica da Apub e do vice-presidente Ricardo Carvalho.

Reunida no auditório do PAF III – campus de Ondina da UFBA -, mesmo palco das mesas de debate, a plenária acompanhou a leitura do Documento Final (a ser disponibilizado em breve), contendo uma síntese das mesas e dos grupos de trabalho, que servirá para contribuir com a atuação do sindicato, considerando as diversas contribuições de professores e professoras e também dos e das estudantes que participaram do evento. Foi aprovada ainda uma moção de solidariedade aos militantes em greve de fome em Brasília (leia abaixo).

A diretora Raquel Nery destacou o interesse e engajamento da base no evento: “nós tivemos reconhecimento e validação dos pares porque esse Congresso teve inscrição, submissão de resumos e participação dos estudantes e de professores ativos e aposentados”, disse. Na avaliação da presidenta da Apub, professora Luciene Fernandes o Congresso alcançou o objetivo pretendido de ser um espaço de escuta de propostas e formação política: “a ideia era, justamente, saber, num momento como esse, sobre o que a base considera que o sindicato deveria lutar, trabalhar, porque nós estamos em várias frentes. O material vai dar subsídios à diretoria sobre quais as coisas que já fazemos e o que ainda precisamos fazer”.

Participaram também da Plenária o presidente do PROIFES-Federação, professor Nilton Brandão (Sindiedutec), o presidente do Adufg Sindicato, professor Flávio Alves da Silva, professor Daniel Christino, também do Adufg e o professor Enio Pontes, presidente do ADUFC Sindicato.

Durante toda a Plenária, assim como nos dias anteriores do evento, funcionou o Espaço das Crianças, voltado para os filhos e filhas dos/as participantes.

MOÇÃO 

Os associados à APUB Sindicato, entidade estadual representativa dos professores das universidades e institutos federais sediados no território da Bahia, filiada ao PROIFES-Federação, reunidos em Congresso, nos dias de 22 a 25 de agosto de 2018, em Salvador-BA, manifestam, na Assembleia final do evento, sua inteira solidariedade a Jaime Amorim, Zonália Santos, Rafaela Alves, Frei Sérgio, Luiz Gonzaga, Vilmar Pacifico e Leonardo Soares, companheiros que hoje colocam suas vidas em risco, na heroica Greve de Fome que decidiram realizar, em Brasília, diante do Supremo Tribunal federal.

Lutadores do povo brasileiro, eles representam todos os setores democráticos e populares brasileiros, que lutam intransigentemente contra o golpe de Estado perpetrado pelas forças retrógradas em nosso país, que mantêm em cárcere político o maior líder popular da Nação, Luiz Inácio Lula da Silva, para impedi-lo de concorrer na eleição presidencial que se aproxima, como uma forma de garantir a continuidade do golpe.

Juntamo-nos, portanto, com os nossos heróis grevistas de fome, em Brasília, pelo urgente restabelecimento da democracia e dos direitos fundamentais e inalienáveis do povo brasileiro à vida e à justiça social, que venha a ser exercida por um Poder Judiciário que, urgentemente, volte a se pautar pela busca de imparcialidade e independência, na defesa da ordem legal e constitucional do Brasil.

Salvador, 25 de agosto de 2018

Fonte: Ascom APUB-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu