Notícias PROIFES

ADURN-Sindicato convida docentes a fortalecerem a luta em defesa da Previdência

No próximo dia 19 de fevereiro, os docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte estão chamados a se somar ao ato unitário dos movimentos socais, sindicais e Frente Brasil Popular. Professores, sindicalistas e profissionais ligados à área da educação seguem a agenda de mobilizações para a data que pretende parar o Brasil em defesa da Previdência Social e da Democracia.

A nova proposta para a reforma da Previdência Social preterida por Temer é mais enxuta porém mantêm a lógica de dificultar a aposentadoria dos trabalhadores brasileiros penalizando o setor público (contribuição de 25 anos para aposentadoria proporcional), mulheres (que terão que trabalhar mais anos para se aposentar), homens (que devem completar 65 anos para se aposentar com benefício abaixo do que é previsto atualmente) e trabalhadores rurais (que podem também ser atingidos pela idade mínima de 65 anos, que não considera o quanto o trabalho no campo é extenuante).

Para o ADURN-Sindicato, o momento é de fortalecer a luta e ampliar a mobilização para que se possa barrar em definitivo mais uma medida que visa retirar direitos e conquistas dos trabalhadores.

Em Natal, um ato de rua marcará o dia de mobilizações com concentração às 14h, na sede do INSS da rua Apodi. A expectativa da atividade é de fazer um diálogo com a sociedade e se contrapor à narrativa do governo.

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu