Notícias PROIFES

Adufg marca presença em ato contra os ataques do Governo Federal à ciência, à educação e aos serviços públicos

Manifestantes percorreram as principais ruas do centro de Goiânia no último sábado (29/05), em protesto contra a atuação do Governo Federal na pandemia do coronavírus (Covid-19), bem como a distribuição de vacinas contra o vírus para toda a população. O grupo também se posicionou contra os ataques à educação e aos serviços públicos como um todo.

Com máscaras de proteção facial, os manifestantes também pediram a volta do auxílio emergencial de R$ 600 para as pessoas em situação de vulnerabilidade social e lembraram, ainda, as mais de 450 mil pessoas que morreram por causa da pandemia no Brasil. O ato também pediu o impeachment do presidente Jair Bolsonaro. Muitos manifestantes que optaram por não sair às ruas usaram as redes sociais e se manifestaram contra o governo.

O Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato) marcou presença no protesto. “As pessoas estão perdendo suas vidas por causa da falta de ação desse governo na pandemia. Além disso, é preciso lutar contra tudo que a gestão Bolsonaro propõe para destruir a ciência, as universidades, a educação e o serviço público”, afirmou o presidente Flávio Alves da Silva.

Diversos sindicatos e movimentos sociais participaram do ato. Entre os manifestantes, estavam também estudantes universitários e representantes de diversas categorias profissionais. A manifestação foi organizada pelas centrais sindicais que fazem parte do Fórum Goiano em Defesa dos Direitos, Democracia e Soberania e teve concentração na Praça Cívica, com caminhada até a Praça do Trabalhador, e seguiu todos os protocolos sanitários, como o uso de máscaras faciais, disponibilização de álcool em gel e distanciamento entre os participantes.

Fonte: Ascom ADUFG-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu