Notícias PROIFES

Adufg Científica aborda alternativas ao teste em animais

O Adufg Científica desta semana aborda o trabalho realizado pelo Laboratório ToxIn, da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Goiás (UFG), que trabalha com a toxicologia in vitro, sem o uso de animais de teste. “Em 2003, quando nós começamos, não tínhamos nada”, relembra a professora que coordena os trabalhos do laboratório, Marize Valadares.

A equipe se expandiu com professores, alunos de iniciação científica e pós-graduandos e com pesquisas premiadas, que já renderam, por exemplo, dois troféus Lush, principal reconhecimento internacional na área. Pioneira, Marize comentou que pesquisas sem modelos animais estão em franca expansão na atualidade, se espalhando “para todas as áreas da saúde”.

As ferramentas alternativas envolvem programas computacionais, cultura de células e tecidos, entre outros, como cortes rejeitados pela indústria alimentícia. Os métodos podem ser usados, inclusive, na pesquisa contra a Covid-19. “Temos vários modelos com células pulmonares que podem ser usadas e testadas sem a necessidade de contaminar um animal”, conta.

Agora, o laboratório está de mudança para novas instalações que irão permitir uma larga abertura no leque de novas pesquisas, principalmente de doenças infecciosas. Dê o play e assista.

Fonte: Ascom ADUFG-Sindicato

Notícias Relacionadas

Agência Proifes

Menu