PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Sindicatos Federados

"Greve Geral deve ser propositiva" defende vice-presidente do ADUFG-Sindicato

Publicado em : 05/06/2019

Na tarde desta quarta-feira, 5, o Fórum Goiano contra as Reformas da Previdência e Trabalhista realizou reunião em preparação para a Greve Geral do dia 14 de junho. Formado por diversas lideranças, como representantes de centrais sindicais, sindicatos e movimentos sociais, a reunião abordou as atividades que serão realizadas para garantir uma maior participação e engajamento no dia 14, além de uma boa cobertura dessa que promete ser uma das maiores manifestações dos últimos anos.

A Greve Geral foi convocada pelas centrais sindicais e angariou imenso apoio, principalmente a partir da enorme adesão da sociedade nas manifestações dos dias 15 e 30 de maio. As Reformas da Previdência, Trabalhista, o desemprego e os cortes anunciados na Educação são as principais pautas dessa grande mobilização, que irá reunir diversas classes e campos de militância.

Dentre as atividades a serem desenvolvidas, o Fórum destacou as ações de conscientização da população. A exposição do atual cenário do desemprego no País, dos efeitos que a aprovação da Reforma da Previdência pode ter em toda a sociedade e dos cortes na área da Educação, aconteceria por meio da entrega de panfletos distribuídos em feiras, ônibus, além da adesivagem de carros.

Segundo o professor Walmirton Tadeu, vice-presidente do ADUFG-Sindicato, a participação das centrais sindicais será essencial para o sucesso da Greve Geral, graças ao contato com entidades que poderiam paralisar no dia 14 de junho. “As centrais sindicais podem agilizar junto com os setores de transportes, bancos, professores, estudantes, servidores públicos, policiais, desempregados e caminhoneiros, que são de grande importância”.

Esse contato seria significativo para garantir uma posição propositiva para a Greve Geral. O professor Walmirton Tadeu, ressalta que um dos objetivos do Fórum é debater medidas a serem colocadas em prática contra a crise que afeta o Brasil. O diferencial dessas medidas seria não ignorar o possível impacto de suas aplicações na vida dos mais pobres.   

Catalão e Jataí

As assembleias a serem realizadas nas cidades de Jataí (06/06) e Catalão (11/06) também entraram na pauta. O ADUFG-Sindicato esteve presente ontem, 4, em Audiência Pública  realizada em Brasília que discutiu a implantação de novas universidades federais nessas cidades.

Fonte: Ascom ADUFG-Sindicato





Docentes da UFRN debatem Future-se em Assembleia

Docentes da UFRN debatem Future-se em Assembleia

 22/08/2019

Pautando unicamente o Future-se, assembleia dos docentes da UFRN está marcada para a próxima terça-feira, 27, às 15h, no auditório do Centro de Educação. Lançada no mês passado pelo Ministério da Educação (MEC), a [...]



Amazônia em chamas – sinal do momento brasileiro

Amazônia em chamas – sinal do momento brasileiro

 22/08/2019

Sindicato cobra ação do governo brasileiro A ADUFRGS-Sindical divulgou nesta quinta-feira, 22, uma nota na qual cobra ação do governo brasileiro em razão das queimadas na Amazônia. Entre janeiro e o último dia 19 de agosto, houve no [...]











GO!Sites