PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Sindicatos Federados

Eleonora Menicucci fala sobre empoderamento da mulher em Goiânia

Publicado em : 09/03/2018

A ex-ministra de Políticas para Mulheres do governo Dilma, Eleonora Menicucci participa no dia 26 de março do Ciclo de Debates sobre Empoderamento da Mulher, promovido peloa Adug Sindicato. Além dela, participam do debate a secretária geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE), Fátima Silva, e a gerente de planejamento da ONG Think Olga, Joyce Prestes. O Ciclo integra as ações de celebração dos 40 anos do sindicato e acontece no auditório da Faculdade de Letras da UFG, no Campus Samambaia, a partir das 9h.

A palestrante Eleonora Menicucci é socióloga de formação e professora titular de Saúde Coletiva na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Foi nomeada pela ex-presidente Dilma Rousseff para o cargo de ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres em fevereiro de 2012, durante o primeiro governo da petista. Tem doutorado em Ciências Políticas pela USP e pós-doutorado em Saúde e Trabalho das Mulheres pela Faculdade de Medicina de Milão, na Itália.

Fátima Silva (CNTE) já atuou na Secretaria de Relações Internacionais da Confederação e na vice-presidência da Internacional da Educação da América Latina (IEAL). Segundo Fátima Silva, “a equidade de gênero continua sendo uma agenda permanente. Já avançamos muito, mas novos desafios se apresentam com os ataques sistemáticos de grupos conservadores que tentam reverter direitos históricos das mulheres”.

A terceira participante do debate, Joyce Prestes, é representante da ONG feminista Think Olga, de São Paulo, onde trabalha como gerente de planejamento e líder da Conta Avon. A organização produz conteúdo feminista com o objetivo de empoderar mulheres por meio da informação. “Nossa luta é para que as mulheres possam ter mais escolhas, nunca menos, e também garantir que elas façam suas escolhas de maneira informada e consentida, sem que tenham que pedir desculpas por tais decisões”, explica o site da ONG.

A mediadora do debate é a professora Geovana Reis, diretora de Assuntos Educacionais, de Carreira e do Magistério Superior do Adufg Sindicato. “As mulheres tradicionalmente são tratadas como se não tivessem direito a participar da vida pública, então um espaço como esse do Ciclo leva a mulher a se ver como ativa participante nesse sentido. Esse debate contribui na luta por mais igualdade de direitos e participação na vida pública”, afirma Geovana.

Fonte: ADUFG-Sindicato










ADUFG - Nota sobre a violência no Câmpus

ADUFG - Nota sobre a violência no Câmpus

 07/06/2018

O Adufg-Sindicato vem acompanhando e se posicionando sobre a necessidade de implantação de uma política efetiva de segurança nos campus.  Consideramos o assunto urgente e já solicitou audiência com o reitor, tendo em vista o assassinato de um [...]



ADUFG - Nota de apoio à greve dos caminhoneiros

 28/05/2018

O Adufg-Sindicato manifesta apoio à greve dos caminhoneiros, que nesta segunda-feira (28) completa oito dias. Dentre as reivindicações que motivaram a paralisação dos caminhoneiros, a insatisfação com a política de preços dos [...]






GO!Sites