PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Sindicatos Federados

Docentes da UFRN entram em greve dia 14 de junho

Publicado em : 05/06/2019

Com expressiva participação, os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) deliberaram por entrar em greve dia 14 de junho. A decisão aconteceu em plebiscito realizado entre os dias 3 e 5 de junho, através de sistema eletrônico. Foram 507 (78,8%) votos a favor e 136 (21,2%) contra a deflagração da greve.

O movimento é nacional, integra a agenda nacional das principais centrais sindicais, com apoio da Frente Brasil Popular, e marcará um período de mobilizações e protestos contra a ideia, amplamente disseminada pelo governo de Jair Bolsonaro de que os direitos previstos na Constituição não cabem no orçamento e, portanto, precisam ser revistos.

Na pauta, a denúncia ao processo de desmonte do Estado Social, das políticas públicas educacionais e dos riscos de se desconstitucionalizar direitos, acabar com o sistema público e entregar a previdência para o mercado.

"A nossa responsabilidade neste momento não é pequena. Depende do nosso poder de mobilização a construção de um amplo movimento de resistência”, avalia o presidente do ADURN-Sindicato, Wellington Duarte.

O dirigente chamou atenção, ainda, para a representatividade e a legitimidade do processo de consulta, que permitiu o posicionamento de um número expressivo dos docentes. "O resultado do plebiscito é, antes de tudo, a consolidação de uma forma democrática de consultar os professores e de reforçar o papel das assembleias na medida em que ela inicia o debate, cabendo à Direção do Sindicato dialogar com toda a categoria”, afirmou.

Para Wellington, “a vitória do SIM com expressiva maioria reafirma a posição da nossa Diretoria em fazer parte dessa grande Mobilização em defesa da Educação, da Democracia e da Presidência Social. Caberá ao Sindicato e aos professores mobilizarem a UFRN para que a Greve seja, antes de tudo, um ato em defesa do futuro da UFRN e daqueles que a constroem”.

Participaram os professores sindicalizados e não sindicalizados. Ao todo são 2.364 aptos a votar.





Docentes da UFRN debatem Future-se em Assembleia

Docentes da UFRN debatem Future-se em Assembleia

 22/08/2019

Pautando unicamente o Future-se, assembleia dos docentes da UFRN está marcada para a próxima terça-feira, 27, às 15h, no auditório do Centro de Educação. Lançada no mês passado pelo Ministério da Educação (MEC), a [...]



Amazônia em chamas – sinal do momento brasileiro

Amazônia em chamas – sinal do momento brasileiro

 22/08/2019

Sindicato cobra ação do governo brasileiro A ADUFRGS-Sindical divulgou nesta quinta-feira, 22, uma nota na qual cobra ação do governo brasileiro em razão das queimadas na Amazônia. Entre janeiro e o último dia 19 de agosto, houve no [...]











GO!Sites