PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Sindicatos Federados

Assembleia do ADUFG-Sindicato aprova compra de dois novos terrenos

Publicado em : 08/02/2018

A primeira assembleia, que marca o início de 2018 no Adufg Sindicato, ocorreu nesta quarta-feira (7) e aprovou a aquisição de dois terrenos para o sindicato. O valor total dos espaços chega a quase R$ 1,6 milhão e o intuito é investir na expansão da Sede Administrativa do Adufg. A pauta foi aprovada pela maioria dos presentes na assembleia. 

O presidente do Adufg, professor Flávio Alves da Silva, explicou que um dos terrenos é para a construção de um estacionamento. “Não há espaço para guardarmos os carros.  A região é um pouco perigosa e os professores se sentem inseguros, já tivemos inúmeros casos de vidros quebrados”, disse. A professora Ormezinda Gevásio, coordenadora do Coral Vozes do Adufg, enfatizou a necessidade desse espaço, com mais segurança, importante também para os participantes do coral, que ensaiam à noite.

Alguns questionamentos sobre a finalidade dos terrenos e a arrecadação do sindicato foram feitos. O professor Flávio rearfirmou que, por enquanto, essas são apenas ideias, que devem ser discutidas com afinco futuramente. Para o outro terreno, localizado à 9ª avenida, está prevista a expansão da Sede Administrativa. A construção de um auditório, de um espaço para os funcionários, a expansão do Espaço Saúde e construção de uma biblioteca maior estão entre os objetivos.

Ações judiciais

Outras pautas votadas e aprovadas durante a assembleia são três propostas de ações judiciais: para assegurar o pagamento das funções gratificadas aos coordenadores de Graduação e Pós Graduação; o pagamento do auxílio transporte aos docentes efetivos e substitutos em atividade; e para a implementação do Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) na UFG.

O advogado do Adufg, Higor Escher, explicou que a situação de professores, principalmente de Catalão e Jataí, que exercem cargos de coordenação de graduação e de pós-graduação é preocupante, pois a grande maioria não recebe gratificação pelo exercício dessas funções.

Já a implementação do RSC aguarda votação do Consuni da UFG desde 2016. Quanto ao auxílio transporte, a universidade exige que os professores comprovem a utilização de transporte público no deslocamento para o trabalho.

O professor Flávio deu o informe aos presentes de que no dia 19 de fevereiro o sindicato vai se unir às demais Centrais Sindicais em uma paralisação nacional, com atos que vão ocorrer em todos os estados brasileiros.

Fonte: ADUFG-Sindicato








A atual conjuntura: para além da Emenda Constitucional 95

A atual conjuntura: para além da Emenda Constitucional 95

 08/05/2018

 Adufscar

 Adufscar

A superação da atual rota de desastre anunciado, consequência do congelamento de verbas para as áreas sociais, por 20 anos, passa necessariamente pela revogação da Emenda Constitucional 95 (EC 95), que o determinou. Essa, contudo, não é [...]










GO!Sites