PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

Nomeação de reitor da UFC: ADURN repudia ato de flagrante desrespeito à autonomia das universidades

Publicado em : 20/08/2019

Violando uma vez mais o valor universal mais legítimo de expressão da vontade coletiva, a Democracia, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) nomeia candidato menos votado em consulta pública como novo reitor da Universidade Federal do Ceará.

Terceiro colocado na lista tríplice formada após consulta à comunidade acadêmica e enviada há mais de dois meses ao presidente, o advogado e professor Cândido Albuquerque foi escolhido depois da UFC ser a primeira Universidade do Nordeste a rejeitar o Future-se por ser o candidato mais alinhado a posicionamentos do presidente.

Com a escolha por Cândido, Bolsonaro quebra, por um lado, o valor da democracia e, por outro, o respeito à autonomia das universidades públicas ao nomear o candidato com menor preferência na instituição de ensino. O então vice-reitor, Custódio Luís Silva de Almeida, foi o mais votado tanto na consulta pública a estudantes, docentes e servidores, com 7.772 votos, quanto na formação da lista tríplice pelo Consuni, com 25 votos. Cândido Albuquerque, por sua vez, recebeu apenas 610 votos na consulta pública, e nove votos do Consuni.

Diante de mais um flagrante desrespeito à autonomia universitária e ao valores que sustentam uma Democracia, o ADURN-Sindicato expressa publicamente seu repúdio a mais um ato autoritário e desmedido do governo federal.

















GO!Sites