PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

Na Câmara e no Senado, PROIFES-Federação realiza atividades contra Reforma da Previdência

Publicado em : 06/04/2017

O PROIFES-Federação realizou, nesta quarta-feira, 5, dia intenso de atividades no Congresso Nacional, em reuniões com deputados e deputadas federais, senadoras e senadores. Diretores e membros do Conselho Deliberativo (CD) do PROIFES entregaram documento com dez pontos inaceitáveis da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287 de 2016, mais conhecida como Reforma da Previdência.

A primeira reunião foi com o deputado Pepe Vargas (PT-RS), membro da Comissão Especial que analisa a PEC 287 na Câmara. Ao deputado, Eduardo Rolim (ADUFRGS-Sindical), Nilton Brandão (SINDIEDUTEC-Sindicato), e Gilka Pimentel (ADURN-Sindicato), presidente, tesoureiro e diretora de EBTT do PROIFES-Federação, respectivamente, Eduardo de Oliveira da Silva e Arlan Pacheco Figueiredo (ADUFRGS-Sindical), entregaram carta personalizada e ouviram sobre a dificuldade de aprovação da Reforma como ela foi proposta.

De acordo com Vargas, poucos deputados e deputadas estão dispostos a defender publicamente a PEC 287, temendo a repercussão do voto em suas bases, em ano pré-eleitoral.

Estiveram presentes também visitando deputadas e deputados federais, Giovani Ehrhardt, Fernando Kratz e Helio Furtado Amaral (ADUFG-Sindicato), e Darlio Inácio Alves Teixeira (ADURN-Sindicato).

O PROIFES-Federação também foi recebido pelo líder do Partido dos Trabalhadores na Câmara, deputado Carlos Zarattini, que destacou a necessidade de resistência dos sindicatos e trabalhadoras e trabalhadores, que devem cobrar apoio dos deputados e deputadas em suas bases eleitorais, nas cidades e regiões em que os deputados obtiveram mais votos para suas candidaturas no último pleito.

Para Zarattini, os últimos recuos do governo Temer na negociação da PEC 287 mostram que a Reforma da Previdência está perdendo força, e os movimentos sociais e sindicais têm tido grande atuação impedir sua aprovação.

Na sequência, os diretores do PROIFES-Federação encontraram novamente André Rehem, chefe de gabinete do deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da PEC 287 na Câmara.

Após entregar 513 cartas nominais aos deputados e deputadas federais, dirigentes do PROIFES foram ao Senado Federal, para conversar com senadoras e senadores sobre a Reforma da Previdência, governo Temer, investimentos em educação, e a aprovação da emenda 113 na Medida Provisória 765 de 2016, que dispõe sobre servidores de ex-Territórios e servidores públicos federais.

No Senado, Gilka, Brandão e Rolim conversaram com o relator da MP 765, senador Fernando Bezerra (PSB-PE), que se mostrou favorável à aprovação da emenda 113, dispositivo que permite o enquadramento dos professores de ex-Territórios da carreira Ensino Básico Federal para a carreira de Ensino Básico Técnico e Tecnológico. professores federais. Porém, o senador relator insistiu na importância da obtenção do apoio do líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), para viabilizar a aprovação da emenda, apresentada pelo senadores Ângela Portela (PT-RR) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

















GO!Sites