PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

'Brasil vive falta de coordenação no combate à Covid por circuntâncias políticas', diz única brasileira em grupo da OMS que estuda vacinas contra o novo vírus

Publicado em : 19/06/2020

“O Brasil vive uma triste realidade de falta de coordenação no combate à pandemia por conta das circunstâncias políticas”, afirmou a médica epidemiologista e professora da Universidade Federal de Goiás (UFG), Cristiana Toscano, nesta quinta-feira (18/06), ao participar do #BatePapoAdufg, que discutiu a importância da saúde pública no enfrentamento ao coronavírus (Covid-19). Trata-se da única brasileira que integra o grupo de estudos da Organização Mundial de Saúde (OMS), responsável pela investigação de vacinas contra o novo vírus.
Para a professora, a saúde pública é fundamental na luta contra a doença, mas a falta de coordenação tem atrapalhado, de fato, o controle do vírus no País. “Todos os níveis de poder têm responsabilidades específicas nessa batalha. No entanto, falta articulação na implementação de medidas. Isso fragiliza o combate à Covid-19”, explicou.

Sobre o desenvolvimento de possíveis vacinas, a professora destacou que o processo é longo, trabalhoso e envolve riscos. “Estamos em uma corrida contra o tempo. A situação atual é sem precedentes. Talvez seja a maior crise de saúde das últimas gerações, mas, ao mesmo tempo, estamos em um momento de desenvolvimento tecnológico e coalisão internacional”, ressaltou.

O presidente do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato), professor Flávio Alves da Silva, que mediou a live, defendeu o fortalecimento da saúde pública no Brasil. “O SUS possui estrutura em todo o País, o que facilitaria o enfrentamento ao novo vírus. No entanto, o sistema está sucateado. Precisamos de um governo que se preocupe, de fato, em fortalecer essa área tão importante”, disse.

A convidada
Cristiana atua no Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP) da UFG. Na OMS, ela compõe o Grupo Estratégico Internacional de Experts em Vacinas e Vacinação, que conta com especialistas do mundo todo. O grupo avalia os estudos, os resultados, a segurança, os andamentos e tenta estruturar recomendações.

Fonte: Ascom ADUFG-Sindicato


Ensino remoto é discutido em Assembleia do Adufg

Ensino remoto é discutido em Assembleia do Adufg

 03/07/2020

Questões relacionadas ao ensino remoto foram discutidas na tarde desta quinta-feira (02/07), em Assembleia Geral Extraordinária promovida pelo Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato). Por causa da pandemia do novo coronavírus [...]
















GO!Sites