PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

Assembleia Geral do SINDIEDUTEC decide por greve dia 15 de maio

Publicado em : 06/05/2019

Foi realizada nesta terça (03) a assembleia geral extraordinária convocada para discutir e deliberar sobre a greve nacional em defesa da educação, a ser realizada no dia 15 de maio, uma quarta-feira. Os servidores ali reunidos decidiram, por 101 votos contra 4, se alinhar à data e realizar atividades que vão contra a privatização e a mercantilização da educação, contra a reforma da Previdência e pelo direito à aposentadoria.

Estiveram presentes representantes dos campi de Capanema, Astorga, Paranavaí, Foz do Iguaçu, Paranaguá, Goioerê e Irati. De Curitiba, houve representantes do Núcleo Sindical de Base do IFPR Curitiba e do Colégio Militar, além de educandos e educandas secundaristas representantes da UPE (União Paranaense dos Estudantes), UPES (União Paranaense dos Estudantes Secundaristas) e UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas).

A unificação das lutas e a mobilização conjunta também foi tema da assembleia como tática de resistência e enfrentamento aos ataques que os Institutos e as Universidades Federais vem sofrendo, como por exemplo com o recente corte de 30% no orçamento, anunciado pelo governo Bolsonaro. Percebeu-se também a necessidade da retomada da pauta da auditoria da dívida pública, já que um suposto rombo nas contas públicas seria o principal motivo para a reforma trabalhista, a reforma da Previdência e, mais recentemente, os cortes de gastos na educação superior e tecnológica brasileira.

A orientação do SINDIEDUTEC para a paralisação nacional é que os servidores que usam folha ponto façam seu registro como “atividade sindical”.

Acesse a oficialização da paralisação do dia 15 a partir de segunda-feira (06). 

ELEIÇÕES PARA REITOR E DIRETORES GERAIS

Outro assunto importante pautado foram as eleições para reitor e diretores gerais do IFPR. Além da eminente mobilização pela realização de novas eleições, ficou decidido que o sindicato passará aos candidatos as principais reivindicações da sua base sindical.

Fonte: Ascom SINDIEDUTEC-Sindicato





ADURN-Sindicato se posiciona contra o Future-se

ADURN-Sindicato se posiciona contra o Future-se

 18/07/2019

A nova proposta, apresentada pelo MEC nesta quarta-feira (17), chamada sarcasticamente de “Future-se”, representa, de forma muito clara, o despreza que o atual governo dedica à questão da Educação e, especificamente, com relação à [...]













GO!Sites