PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

ADUFRGS-Sindical doa alimentos e apoia projetos para enfrentamento do coronavírus

Publicado em : 27/05/2020

A ADUFRGS-Sindical tem atuado ativamente no enfrentamento da crise do coronavírus, que vai além da doença Covid-19, mas tem afetado diversos outros aspectos sociais e econômicos. Por isso, desde o dia 25 de março o Sindicato vem doando semanalmente 100 cestas com alimentos saudáveis para comunidades em vulnerabilidade social, por meio de parceria com a RedeCoop e a Cooperativa GiraSol. No mês de abril, as doação somaram mais de R$ 60 mil em alimentos, produtos de higiene e  apoio a projetos de universidades e institutos federais no combate à Covid-19.

Parte das cestas de alimentos adquiridas pela ADUFRGS é repassada à Central Única dos Trabalhadores (CUT-RS), que faz a entrega a famílias em situação de vulnerabilidade social. Segundo o diretor de Relações Sindicais da ADUFRGS, Jairo Bolter, a Campanha de Solidariedade visa oferecer alimentos saudáveis para comunidades atingidas pelo isolamento social e também garantir mercado aos produtos oriundos da agricultura familiar que estavam represados desde o início da pandemia. “A cestas que saem da agricultura e chegam aos consumidores por meio das organizações sociais, sindicais e cooperativas oportunizam que as entidades que atuam diretamente com pessoas carentes, possam continuar executando os seus trabalhos, ou seja, a solidariedade e a cooperação, que são fundamentais neste momento.”

Bolter explica que a parceria da ADUFRGS com a GiraSol e a RedeCoop também pretende aproximar as organizações sindicais e sociais das cooperativas da agricultura familiar, fortalecendo assim os laços e a integração das distintas entidades. "A aproximação das nossas entidades é fundamental para nos fortalecermos enquanto classe trabalhadora. Poucos meses após a assinatura do termo de parceria das nossas entidades já colhemos muitos frutos, certamente um deles foi ter feito com que toneladas de alimentos saudáveis saíssem da roça e chegassem aos consumidores mais vulneráveis de forma segura e solidária".

A RedeCoop, entidade que articula 44 cooperativas de 31 municípios gaúchos, é quem organiza a logística de distribuição dos alimentos no Rio Grande do Sul. A Cooperativa GiraSol entrega em Porto Alegre, e a Coomafitt, que também se integrou à iniciativa, em Canoas e no Litoral Norte do Estado.

Para o professor representante do IFCH no Conselho de Representantes da ADUFRGS, Marcelo Kunrath Silva, as ações de solidariedade têm sido fundamentais em vários sentidos. "De um lado, elas têm contribuído para a garantia de condições mínimas de sobrevivência para setores da população em situação de precariedade extrema. Os dramáticos efeitos da pandemia na economia, agravados pela atuação limitada ou desastrosa dos governantes em todos os níveis, colocaram questões básicas, como o acesso à alimentação, como desafios cotidianos para uma significativa parcela da população brasileira. As ações da ADUFRGS são uma contribuição importante no enfrentamento desses desafios”, afirma. 

Kunrath também destaca a contribuição dessa ação para a geração de renda para a agricultura familiar, afetada negativamente pela pandemia. "A opção pela compra de produtos da agricultura familiar, ao invés das grandes empresas de produtos alimentares, ajuda a fortalecer um setor econômico secundarizado pelas atuais políticas públicas e que é fundamental para a segurança alimentar e nutricional da população brasileira.”

A importância política destas ações também é destacada pelo professor. “Um dos mais graves efeitos da abissal desigualdade brasileira é a desconexão entre diferentes segmentos da classe trabalhadora, que acabam direcionando suas preocupações para problemas e interesses corporativos. Isso gera uma fragmentação que fragiliza ainda mais os trabalhadores na defesa de seus interesses de classe. A ação solidária da ADUFRGS, integrando-se às iniciativas da CUT, vai na direção aposta. Constrói vínculos com as pessoas e as organizações sociais populares envolvidas nas redes de solidariedade. E tais vínculos são importantes para mostrar a necessidade e a força da ação articulada dos trabalhadores para o enfrentamento da pandemia e, mais amplamente, das injustiças que ela explicita e aprofunda".

A CUT-RS já entregou cestas na União de Vilas, da Vila Cruzeiro, e nos bairros Glória, Partenon, Farrapos e Humaitá, além do Comitê de Crise da Comunidade, no bairro Santo Afonso, em Novo Hamburgo.

Fonte: Portal Adverso


Ensino remoto é discutido em Assembleia do Adufg

Ensino remoto é discutido em Assembleia do Adufg

 03/07/2020

Questões relacionadas ao ensino remoto foram discutidas na tarde desta quinta-feira (02/07), em Assembleia Geral Extraordinária promovida pelo Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg-Sindicato). Por causa da pandemia do novo coronavírus [...]
















GO!Sites