PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

ADUFRGS e ILEA promovem “Ciência para a Educação: a hora é agora”

Publicado em : 01/04/2019

Ciclo de Debates Universidade do Futuro contará com a presença do professor Roberto Lent

A ADUFRGS-Sindical promove, em parceria com o ILEA, mais uma atividade do Ciclo de Debates Universidade do Futuro, que traz, desta vez, o professor Roberto Lent, com mediação da professora Angela Wyse.

A palestra “Ciência para a Educação: a hora é agora” acontece dia 3 de abril, às 14h, no Auditório do ILEA. A entrada é gratuita e as inscrições podem ser feitas no local.

Questões que serão abordadas no evento

A educação moderna deve se basear em evidências científicas, obtidas de todas as disciplinas que possam contribuir com dados rigorosos – da economia e ciências sociais, à neurociência e a psicologia, além de muitas outras. A opção mais estruturante e estratégica para chegar a esse objetivo é realizar um esforço para construir um “ecossistema” de pesquisa translacional para educação, como se fez a partir da 2ª Guerra Mundial para a saúde com grande sucesso.

No caso da educação, essa modalidade de pesquisa translacional – ciência para educação – não foi adotada internacionalmente e só agora começa a ser explorada pelos EUA, China e Austrália. Desse modo, oferece-se ao Brasil uma oportunidade única para participar dessa corrida ao futuro – educação baseada em evidências – junto com os principais países do mundo. A hora é agora. Com base nisso, será discutido o conceito de pesquisa translacional em educação, a justificativa a necessidade desse esforço nacional e o momento estratégico de implementá-lo, e ilustrações das opções de pesquisa com vários exemplos nacionais e internacionais.

Fonte: Ascom ADUFRGS














Sem dinheiro, CNPq deve suspender pagamento de bolsas

Sem dinheiro, CNPq deve suspender pagamento de bolsas

 16/08/2019

84 mil pesquisadores terão seus recursos cortados a partir de setembro se não houver uma ampliação imediata do orçamento do órgão. Conselho precisa de mais R$ 330 milhões para fechar as contas do ano. Mais de 80 mil pesquisadores em [...]




GO!Sites