PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

ADUFRGS doa cestas de alimentos para famílias em vulnerablidade

Publicado em : 02/04/2020

A ADUFRGS-Sindical está estendendo as ações de solidariedade durante a pandemia de coronavírus. Nesta quarta-feira, 1º de abril, o sindicato doou 100 cestas da agricultura familiar para pessoas em situação de vulnerabilidade. 

"A ideia é distribuir 100 cestas por semana enquanto durar a pandemia", explica Eduardo Rolim (tesoureiro da ADUFRS). Segundo o diretor, a ADUFRGS está conversando com outros movimentos sociais para mapear a demanda das comunidades. "As cestas podem ser de alimentos para quem precisa, mas também de itens de higiene, como estamos negociando com entidades que atendem pessoas em situação de rua", aponta.

A iniciativa de se aproximar de outros movimentos sociais já fazia parte do planejamento da diretoria, argumenta Eduardo, e foi acelerado neste momento crítico da pandemia de coronavírus. Das 100 cestas doadas esta semana, 80 foram entregues à CUT-RS para distribuição a galpões de catadores de materiais recicláveis na Ilha Grande dos Marinheiros, Vila Humaitá e Farrapos, e para a associação de moradores da Vila Cruzeiro. Outras 20 cestas foram entregues ao CPERS para doação aos professores da rede estadual de ensino, que seguem com salários cortados e parcelados. Os alimentos foram adquiridos na RedeCoop, rede de cooperativas da agricultura familiar que reúne 12 mil agricultores, de 44 cooperativas de 31 municípios gaúchos. 

"Neste momento de pandemia, a ADUFRGS está exercitando mais um papel social: ajudar trabalhadores que precisam", aponta Eduardo. "Essa parceria garante renda para os agricultores familiares e valoriza a luta das entidades. A CUT e o CPERS vão distribuir os alimentos para comunidades onde já têm um trabalho organizativo importante", destaca.

"Trabalhadores solidários com trabalhadores", resumiu o presidente da CUT-RS, Amarildo Cenci. Para Amarildo, as doações são "um ato de gratidão e reconhecimento com quem compartilha a mesma cidade e realiza a tarefa cotidiana de deixá-la limpa", disse referindo-se aos catadores de materiais recicláveis. Além dos alimentos doados pela ADUFRGS, a CUT-RS vai entregar aos catadores máscaras feitas por uma cooperativa de costureiras. "Essa atitude reafirma nosso compromisso com um mundo mais justo e busca vivê-lo agora no nosso tempo".

Solidariedade aos professores do estado

A distribuição das cestas aos professores estaduais é mais uma ação de solidariedade da ADUFRGS junto ao CPERS. Desde janeiro, a ADUFRGS já vinha arrecadando doações para apoiar os educadores que há mais de dois anos estão com salários congelados e parcelados. Para alguns, a situação se agravou muito este ano porque o governo do estado manteve o desconto no salário dos docentes que participaram da greve de 57 dias convocada pelo CPERS.

"O governo segue descontando os dias de greve mesmo durante a pandemia", lamenta a presidente do CPERS, Helenir Schürer. "Mas a fome não espera. Há professores com o salário quase zerado, então essas cestas da ADUFRGS vêm em muito boa hora". 

Helenir explica que o CPERS criou no site do sindicato um cadastro de professores que precisam de apoio. Os alimentos doados pela ADUFRGS seguirão para professores de Porto Alegre e região metropolitana, onde a demanda é bem grande, aponta Helenir. No interior, os alimentos serão adquiridos localmente com o dinheiro arrecadado na campanha de doação de dinheiro apoiada pela ADUFRGS. 

Para Helenir, com a ação, os docentes das instituições federais contemplam duas categorias que estão passando por enormes dificuldades: os professores estaduais e os agricultores familiares. "Parabéns à ADUFRGS pela inteligência de concatenar essas duas necessidades nessa parceria"

Fonte: Portal Adverso

















GO!Sites