PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

ADUFRGS discute autonomia universitária e corte de verbas durante reunião no MPF

Publicado em : 23/05/2019

Audiência pública será realizada em junho.

O corte de verbas para universidades e o decreto do governo federal, que fere a autonomia universitária, foram debatidos na manhã desta quarta, dia 22, durante reunião do Fórum de Combate à Intolerância e ao Discurso de Ódio, na sede do Ministério Público Federal. 

O presidente da ADUFRGS-Sindical, Paulo Mors, destacou os atos de protestos do último dia 15, que mobilizaram professores e estudantes em todo país, e explicou porque escreveu o artigo “Um Esclarecimento Necessário”, que trata sobre o tema. “Os problemas que as universidades estão enfrentando hoje soa como um ataque à inteligência. É uma ameaça grave nesse momento de obscurantismo, que o país está vivendo.” Por isso, afirmou, “a nossa indignação é grande”.

O procurador do MPF, Enrico de Freitas, considerou que tudo faz parte de um grande mosaico, que fere a autonomia universitária e diminui a função social das instituições de ensino. Ele também destacou as mudanças sociais, no âmbito da educação, que ocorreram nos últimos anos: “A universidade se popularizou, seja através das políticas de cotas ou das bolsas de estudo, deixando de ter um fim social para a classe média.”

A pró-reitora de extensão, cultura e assuntos estudantis da UFCSPA, Debora Coelho, que passou a integrar o Fórum, destacou a preocupação da universidade com a questão da censura dentro da instituição. Ela acredita que hoje é necessário achar estratégias de ação para esse tipo de enfrentamento. 

Durante a reunião também foi feito um relato dos grupos temáticos que atuam dentro do Fórum. A ADUFRGS integra o grupo “Escola sem censura”. Aline Kerber, presidente da Associação das Mães e Pais pela Democracia, explicou que uma das ações propostas é uma parceria com o Instituto de Educação da UFRGS, para a realização do curso “Educação Democrática“. A ideia é trabalhar temas como censura e liberdade de expressão em escolas públicas e privadas da capital.

O Fórum também formou uma comissão para organizar as estratégias de divulgação e os temas para um seminário contra a censura na educação, que deverá ser realizado em agosto. 
Por fim, foi apresentado o projeto “Ciclo de Seminários – Preconceitos no Futebol”, promovido pelo Observatório de Discriminação Racial do Futebol, com o objetivo de combater o discurso de ódio e de intolerância nos estádios.

Audiência Pública

No dia 7 de junho, na sede do MPF, será realizada uma audiência pública, com representantes do governo, para tratar recentes medidas adotados pelo MEC e sua interferência no funcionamento e na estrutura das universidades.

Fonte: Portal Adverso














Sem dinheiro, CNPq deve suspender pagamento de bolsas

Sem dinheiro, CNPq deve suspender pagamento de bolsas

 16/08/2019

84 mil pesquisadores terão seus recursos cortados a partir de setembro se não houver uma ampliação imediata do orçamento do órgão. Conselho precisa de mais R$ 330 milhões para fechar as contas do ano. Mais de 80 mil pesquisadores em [...]




GO!Sites